Gestão do Tempo

Ah, o tempo…

Há quem diga que o tempo passa muito rápido. Outros que precisam de mais tempo. Alguns ainda que não tem tempo para nada.

Mas a verdade mesmo é que todos nós temos a mesma quantidade de tempo que passa na mesma velocidade. Eu, você, seu chefe, sua filha e o Barack Obama temos 24 horas, 1140 minutos e 86400 segundos por dia.

Se você considerar que tem um crédito diário e não cumulativo de 86400 segundos, como você gostaria de investir seu tempo?

As atividades nas quais você escolhe investir parte do seu tempo refletem diretamente em como você está equilibrando a sua vida. Ora, considere que você exerça diferentes papéis em diferentes áreas da sua vida. EU, pai, mãe, marido, esposa, Dona de casa, empreendedor, voluntário, atleta, trabalhador, filho, amigo, palestrante, familiar, médico, namorado, presidente de sala, estudante, coordenador, comunicador… enfim, as possibilidades são infinitas. Dessa forma, quanto de tempo você realmente investe na execução de cada papel? É tempo suficiente? É tempo de qualidade?

As perguntas acima nos fazem refletir de diversas maneiras, e podemos falar mais sobre isso em um outro momento. Mas o importante aqui é definir com precisão o significado de um determinado papel na sua vida e entender quais são os resultados que você espera obter com cada um deles. Assim, você pode estabelecer os limites de cada um e impedir eventuais interferências de um papel para outro.

Contudo, ainda gastamos boa parte do nosso crédito “apagando incêndio”, “descascando abacaxis” ou “resolvendo pepinos”. Isso ocorre, geralmente, porque ao invés de gerenciarmos nosso tempo resolvendo coisas que são importantes e nos darão resultados posteriores, nós acabamos sendo engolidos pela rotina e permitimos que coisas importantes passem a ser urgentes porque foram negligenciadas e agora estão sem prazo para planejamento e muitas vezes, qualidade na execução.

Sua saúde. Quando você geralmente vai ao médico é para um check-up ou somente quando aparece algum problema? Você faz atividades físicas e se alimenta bem para melhorar a qualidade de vida ou somente quando é recomendação/ restrição médica?

Agir na esfera das urgências, geralmente causa muito estresse e desgaste, pois temos a sensação de falta de controle. O problema ainda pode ser agravado, porque de maneira geral, a urgência é bem-vista no mundo moderno, pois você se mantém ocupado e se sente útil, como se fosse o “super-herói”. Mas na verdade, as urgências tomam seu tempo e atrasam as tarefas importantes. Daí você precisa trabalhar até mais tarde, não poderá ir à academia e não chegará a tempo para jantar com sua família.

Existem ainda atividades que realizamos constantemente e que são desnecessárias. Normalmente, são coisas que fazemos em função de uma situação ou de outra pessoa, independente da sua vontade. Podem ser coisas importantes ou urgentes para os outros, mas não para você. Por exemplo, uma conversa sem pé nem cabeça na cozinha da empresa, um evento que não tem nada a ver com você, mas que você não soube recusar porque foi convite de um amigo ou então aquela piada no grupo do WhatsApp.

Essas situações causam angústia e frustração, pois não trazem retorno e ainda diminuem seus créditos de tempo.

É importante lembrar que a definição do que é importante é extremamente pessoal. Passear no shopping pode ser uma atividade importante de lazer para um e uma completa perda de tempo para outros. Eu, por exemplo, considero que meus 10 minutos para sentar e tomar o café da manhã são extremamente importante para iniciar meu dia. Outras pessoas preferem usar esses minutos para dormir mais um pouco e outras ainda, para se arrumarem.

A decisão de como gastar os créditos é sua. E somente você tem o poder de “parar de gastar” em coisas que não são importantes e começar a investir em coisas que te trarão realização e felicidade. A melhor forma de se organizar é a aquela que funciona para você e te deixa mais feliz!

Agora, porque você não começa eliminando aquelas pendências para “sobrar” tempo para as coisas importantes?

Ah, e muito obrigada por escolher investir um pouco dos seus créditos lendo esse texto. Espero que tenha sido um bom investimento!

Edneli Costa.